16 de fevereiro de 2011

Justin na 'Rolling Stone'

Olá pessoal, confesso que quando Justin apareceu na mídia não gostei nada do menininho que cantava e tinha um cabelo que é 100% chapinha (pelo menos parece, haha,), enfim não gostei e pronto! Mas de tanto ouvir nas rádios, não é que eu acabei gostando (só gostando, não sou fanática, não!). E fiquei triste por ele não ter ganhado o Grammy de artista revelação (Quem é que ganhou mesmo?Nem conheço ela!Alguém conhece?). E nesta sexta (18) sai a nova edição da 'Rolling Stone' com Bieber na capa, e olha ele arrasou na entrevista!
Na reportagem, o cantor canadense fala sobre música, puberdade, política e a respeito de sua vida pessoal.

"Eu não acho que você deva fazer sexo a não ser que ame a pessoa", disse Bieber. Ao ser perguntado se acredita em abstinência sexual até o casamento, ele respondeu sem fugir do assunto. "Eu acredito que você deve esperar uma pessoa que... você esteja amando", disse o popstar, que namora a cantora texana Selena Gomez, de 18 anos.

O cantor de 16 anos também disse que não pretende se naturalizar americano. "Vocês são maus", brincou. "O Canadá é o melhor país do mundo. Nós vamos ao médico e não precisamos nos preocupar em pagar. Mas aqui, você fica quebrado por causa das despesas com médicos. O bebê do meu guarda-costas nasceu prematuro, e ele teve que pagar por isso. No Canadá, se o bebê é prematuro, ele permanece no hospital, enquanto ele precisa, e depois vai para casa", comparou.

Bieber não sabe qual partido político apoiaria, se pudesse votar. "Eu não tenho certeza sobre os partidos", admitiu. "Mas o que eles têm na Coreia é ruim."  Ele também comentou sobre aborto. "Eu realmente não acredito no aborto. É como matar um bebê? Tudo acontece por uma razão."




beijos
thatha
Postar um comentário